Pesquisar este blog


.
Informações do livro:

Título: O Violinista
Autor: Luís Delgado
Editora: Agbook
Páginas: 103


Sinopse:
Os séculos precedentes testemunharam o nascimento de uma ciência divina, como, também, o trabalho de tantos mestres em manter tal conhecimento longe de olhos imprudentes. Porém, recentemente, muitos selos começaram a ser quebrados. A escola anciã começou a ensinar abertamente outra vez, e de maneira intensa. O Violinista torna-se, assim, uma proposta de encontro entre o clássico e o moderno, uma resposta àqueles que julgaram os antigos por primitivos, e, acima de tudo, a afirmação do poder natural do homem, verdadeiro titã adormecido. Algo de fábula, poemas em prosa e símbolos da velha Arte tornam a obra, verdadeiramente, um romance alquímico. Uma jornada arquetípica pelo Corpo de Luz em uma narrativa aos domínios da alma, encantando o leitor através da saga de Hélio, em sua busca para livrar a vila de Áurea de uma terrível ameaça.


Resenha:
A vila de Aurea foi abençoada com um presente de uma fada, um violino encantado que cura os moradores de enfermidades e trouxe de volta a paz na vila, mas por conselhos da Fada Luna deveriam tomar muito cuidado com o instrumento, pois se suas cordas fossem tocadas fariam com que seu dono descobrisse o seu paradeiro e saísse em busca do seu precioso instrumento.

Motivados pelo medo, os moradores construíram duas torres, uma para abrigar o arco e outra o violino e cada torre era guardada por uma casta e as famílias dessas duas castas não podiam manter contato, mas um romance proibido brotou entre as duas famílias e desse romance nasceu Hélio, um garoto especial mas que por um infortúnio acabou exilado de Aurea e teve de levar consigo o violino, na sua nova jornada ele se depara com algumas pessoas, criaturas fantásticas que até me lembraram um pouco de “Alice no país das maravilhas”.

Eu gostei do personagem principal embora algumas vezes me irritei com ele, não gosto muito quando um personagem recebe uma ordem de não fazer algo e ele simplesmente faz, mas tudo bem, Hélio não se mostrou melancólico ou revoltado demais mesmo sendo exilado, separado da família e tendo que fugir de alguém ou algo que ele nem sabia o que era, ele se manteve firme na sua jornada e ao longo do caminho foi juntando as peças do quebra cabeça até descobrir de fato tudo que envolvia a lenda do violinista.

Adorei a escrita do autor, Luís Delgado escreve de forma poética e muito gostosa de ler, fiquei um pouco confusa em alguns pontos, mas logo me achei, o livro é bem curto e rápido de ler, mas não falta informações e nem se torna muito corrido, tudo é muito bem colocado.

Luís Delgado é um dos autores parceiro do blog Estandy Books, se quiser saber mais sobre o autor, clique aqui.

Espero que tenham gostado, eu recomendo o livro, gostei de verdade da leitura, caiu perfeitamente ao momento, pois eu estava numa ressaca literária depois de Inferno, então a leitura foi bem relaxante, quem gosta de livros alquimistas, de fantasia e com um ar poético precisa com certeza conhecer a obra de Luís Delgado.

Não se esqueçam que está rolando Sorteio aqui no blog e vai só até dia 27, então não percam mais tempo e se inscrevam. 

11 Comentários

  1. Passando para dizer que tem novidade no blog =D

    (desculpa copicola)

    Bjinhos

    ResponderExcluir
  2. A sinopse não me chamou a atenção, mas curti a resenha. Parece ser mesmo um livro gostosinho de ler para relaxar, especialmente por suas poucas páginas ^^

    Té mais...
    http://bmelo42.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Fiquei aqui imaginando... como o violino cura enfermidades se não pode ser tocado? Tipo, seria mais interessante se, ao ser tocado, algo maravilhoso acontece, a cura, um milagre...

    Bye da Pah
    Livros Estrelas

    ResponderExcluir
  4. passando para avisar que te indiquei a uma tag lá no blog
    ^^
    Té mais...
    http://bmelo42.blogspot.com.br/2013/07/tag-name-book.html

    ResponderExcluir
  5. Olha, não sei se, caso eu visse o livro por aí, se ficaria interessada. Mas minha opinião mudou bastante ao ler sua resenha.
    Livros assim são ótimos quando a gente lê AQUELE livro e depois não consegue ler nada além (e é bem normal isso acontecer justo com Dan Brown).
    Curti a indicação.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  6. Oi ! Não sei se esse tipo de livro eu leria, não faz muito meu tipo de temática para livro, mas gostei da sua resenha!
    Abraços
    Melissa Padilha
    De Coisas por Aí

    ResponderExcluir
  7. Oi Andy!
    Apesar da sua resenha positiva, o livro realmente não me interessou...

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    Obs: te indiquei para uma tag no blog - One Lovely Blog Award

    ResponderExcluir
  8. Excelente resenha! O livro parece ser ótimo ^^

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia esse livro, mas pela sinopse ele parece ser uma leitura interessante, acho que leria se tivesse oportunidade.
    Ah, esses personagens que nos irritam... rsrs

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  11. Parece um leitura interessante, mas fico sempre com pé atrás com livro nacional.
    Mas aos poucos mudo esta minha percepção, pois pela sua resenha parece um livro que vale a pena ler.
    Um beijo e aproveita pra visitar meu blog

    Baiana Literal
    tharcilalima.blogspot.com

    ResponderExcluir

E você o que achou?